AS MATÉRIAS QUE FERRAM TODO MUNDO NOS CONCURSOS

Eu não queria que esse virasse mais um "Blog de concurseiro", mas não tem como falar de minha vida sem falar de concurso já que praticamente é só isso que faço agora. Assim, vou fazer uma postagem com o texto que postei em um fórum:




Lógica dos examinadores nas matérias. Sempre lembrando que a meta fundamental do examinador é que ninguém acerte nada da sua matéria:

Português - Matéria enorme, detalhista e difícil que pode ser cobrada em qualquer prova, não importa do que seja. Não tem como um examinador não gostar. Vai sempre ter em qualquer concurso. E tem o bônus de ferrar quem é bom em exatas.

Matemática: Tem como único e essencial objetivo ferrar quem é bom em humanas. Fora o bônus de uma questão ter 30 formas de resolução o que dificulta decorar conteúdo.

Raciocínio lógico: Resumindo, é uma matéria confusa. Por mais que se estude, sempre tem como se confundir, com o agravante de ser a matéria mais contra intuitiva já criada pela mente humana. Se você acha que o "bom senso" indica uma determinada resposta, pode riscar que com certeza a resposta é outra

Direito: O examinador pode escolher o tema que ele quiser dentro do direito. Com toda certeza virá um universo de matéria cheia de detalhes, regras e exceções. O direito é imenso e detalhado, cheio de termos desconhecidos para a maioria das pessoas. Se o examinador pudesse, botava Direito até em concurso pra Gari devido ao seu enorme potencial de complicar a vida do concurseiro.

Atualidades: Não existe um motivo pra se cobrar atualidades além de única e exclusivamente ferrar concurseiro. Na prática é uma matéria infinita, que muda o tempo todo e que não pesa em nada no exercício profissional. Ou realmente vocês acham que saber quem ganhou o Oscar vai te fazer um melhor funcionário público? Essa matéria pega no ponto fraco de todo concurseiro sério que é se isolar do mundo pra estudar. Atualidade, na prática mesmo, só serve pra perturbar o ritimo de estudos. Por isso quase todo mundo deixa pra estudar no final.


Informática: É uma matéria também de conteúdo infinito, que assim como atualidades muda o tempo todo, mas que tem peso na vida profissional do concurseiro. O problema (e a vantagem pro examinador) é que não há limite para o que pode ser cobrado. Tem prova que tem Linux, Pacote Office, Redes, Protocolos de comunicação, Hardware, e mais um monte de coisas que, embora façam parte da informática, nada tem em comum entre si, ou com o cargo que esta sendo disputado. Informática assim como português é uma matéria que examinador adora e nunca mais sairá dos concursos, não apenas por que é necessária, mas também por que tem um conteúdo que não pode ser vencido.

AddThis